Notícias
2014-02-19
De dia 13 até dia 19 de Fevereiro foram identificadas as seguintes vulnerabilidades como sendo usadas como malware: Exploit-CVE2010-3333 Exploit-CVE2012-0158 BackDoor-FBTF BackDoor-FBTE Trojan-FDOO Generic.Tra!1be260657ee8 Generic.Tra!6aeed3c2174a

2014-02-06
Entre o dia 31 de Janeiro e dia 6 de Fevereiro foram identificados os seguintes IP/Domínios como maliciosos. Usando técnicas de scanning: 63.141.199.33; 106.78.156.39; 151.50.221.220; 114.86.93.214; 93.174.95.82. Injecção de Malware: 23.236.72.28; 144.76.115.204; 64.14.68.87; 77.91.227.248; homaxcompany.com.

2014-01-31
Entre o dia 21 e dia 30 de Janeiro foram identificados os seguintes IP/Domínios como maliciosos. Usando técnicas de scanning: 24.135.11.253; 5.9.244.157; 180.76.5.154; 115.230.126.66.

2014-01-13
Entre o dia 10 e dia 13 de Janeiro foram identificados os seguintes IP/Domínios como maliciosos. Usando tecnicas de scanning: 94.102.49.116; 94.102.49.175; 85.25.133.190; 93.174.93.153; 188.143.234.90; 80.82.78.9; 72.167.113.216; 58.211.124.155; 218.87.32.245; 80.82.78.9; 94.102.51.123. Injecção de Malware: 192.133.137.0/24; 193.169.245.0/24.

2013-12-05
Versões do anteriores à 1.1.1.24 possuem uma conta de user na base de dados que é criada com credenciais by default, podendo um atacante usar essas credenciais para ter acesso ao sistema. Na Firewall da Cisco existem duas vulnerabilidades que se exploradas pode levar a uma negação de serviço. As vulnerabilidades encontram-se nos serviços HTTP Proxy Traceback e no IKE Version 1, estes não estão ativos por defeito. O software Cisco ASA contém várias vulnerabilidades que permitem a um atacante provocar uma negação de serviço nos produtos afetados.

soluções